Inteligência Artificial – Elon Musk

O atual dono do twitter, Elon Musk, afirma que vai criar a sua própria ferramenta de Inteligência Artificial: TruthGPT. O objetivo é competir com a ferramenta ChatGPT.  Segundo Infomoney, em janeiro/23 atingiu 100 milhões de usuários ativos, sendo considerada a plataforma de maior crescimento na história. 

Musk declarou à Fox News, recentemente, que a ferramenta ChatGPT está sendo treinada para ser “politicamente correta”. E que a Inteligência Artificial deve ser regulamentada. Pois é muito mais perigosa do que carros e foguetes e que pode destruir a humanidade. Ainda afirma que os líderes de tecnologia Mark Zuckerberg e Bill Gates possuem um entendimento limitado nesta área.

Elon Musk já fez parte do conselho da Open IA, empresa criadora do ChatGPT, e foi um dos primeiros investidores em 2015 quando ainda era um laboratório de pesquisa. Ele saiu do conselho da empresa em 2018.

inteligência artificial elon musk

Musk cria a sua empresa de Inteligência Artificial

Musk possui uma afinidade especial com a letra ‘X’ e sendo assim, o nome de sua empresa é: X.AI Corp.

Não há muitos detalhes sobre a empresa, mas o que se sabe é que Musk é o único diretor e que haveria um secretário, Jared Birchall, que é o diretor dos escritórios de sua família. Acredita-se ainda, que ele teria contratado 2 ex pesquisadores do DeepMind (empresa comprada pelo Google), sendo um deles o cientista Igor Babuschkin, que seria o diretor do projeto. Segundo TheTimes ele está buscando investidores na SpaceX e Tesla para o projeto.

Elon Musk afirma que TruthGPT vai buscar a máxima verdade para entender a natureza do Universo. E baseado neste entendimento, há menos probabilidade de destruí-lo.

Concorrentes

Elon Musk afirma que seu projeto seria uma terceira opção e reconhece que possui uma desvantagem significativa, de seus concorrentes: ChatGPT e Google.

O Google anunciou o lançamento de seu próprio chatbot Bard, no dia 21 de março de 2023. O Bard é bem semelhante ao CHATGPT, porém com algumas diferenças. 

A IA do Google consegue lidar com questões mais complexas, compreende  contextos de conversas com usuários e pode ser customizada, para atender necessidades específicas. No entanto, o chatbot não está disponível para o mundo, ainda não. Por enquanto foi disponibilizada uma versão de testes somente nos Estados Unidos e Reino Unido. 

Preocupações

Musk se uniu a especialistas e empresários para assinarem uma petição solicitando uma pausa nas pesquisas de Inteligência Artificial por um período de 6 meses, devido aos “grandes riscos para a humanidade”. A petição foi realizada Future of Life Institute e assinada por mais de 1500 pessoas.

 Para Musk a chance de criar uma IA realmente segura para a humanidade é de 5 a 10%. 

As gigantes empresas como Facebook, Apple e Google possuem uma quantidade assustadora de informações sobre as pessoas, o que representa um alto risco, pois dá a elas excesso de poder. E é aí que mora o problema. A IA poderia ser controlada por estas empresas sem nenhum tipo de acompanhamento, já que há tanto poder envolvido? Este é um dos questionamentos de Musk.

Para Musk a solução para isso, seria mesclar o orgânico ao tecnológico. A dependência humana da máquina só tende a aumentar, o que pode acarretar que a inteligência humana e tecnológica se tornem uma só.

Musk ainda acredita que conforme a humanidade for deixada para trás pelo potencial das máquinas no mercado de trabalho, os seres humanos se transformarão em ciborgues, usando a tecnologia para aprimorar as suas habilidades mentais e físicas. Neste caso, implantes cerebrais serão necessários para que cheguemos ao nível de inteligência das IAs. Essa ideia é tão certa na mente de Musk, que uma de suas empresas, a Neuralink,  desenvolve chips cerebrais para que pessoas e máquinas se comuniquem através da força de pensamento.

-> Quer saber mais sobre como a tecnologia impacta em nosso dia a dia: Internet das coisas

Profissões para o Futuro com Inteligência Artificial

Em conclusão, com a IA muitos postos de trabalho serão “um pouco inúteis” segundo Musk. E que os menos atingidos serão pessoas que programarem máquinas e/ou desenvolverem softwares de Inteligência Artificial.

O que fazer então? Ele recomenda que os jovens estudem engenharia. Mas de qualquer modo, ele entende que com o tempo a IA “escreverá o seu próprio software”. Isso demonstra que não haverá empregos seguros.

Mas ele aponta que as empresas de tecnologia deterão a produção e distribuição de todos os setores. A interação humana será necessária na sociedade do futuro. Então, se estiver trabalhando em algo que envolve pessoas ou engenharia, será um bom foco para o futuro, concluiu Musk.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima